.

.

.

Se você quiser compartilhar o que encontrar aqui, fique à vontade. A ideia é exatamente esta: divulgar o tricô, disseminar essa linda arte
manual. Honestamente, eu me sentirei lisonjeada.


Apenas peço que mencione a fonte e coloque o link do post ou do blog. Obrigada!


18 de agosto de 2014

Gorro Aviatrix sanfonado - revista russa - PARTE 1/3


Peça dobrada ao meio (início na parte direita da imagem).


Estava navegando lá no Face quando vi o post da Maria Tereza Bonabou com a imagem abaixo e imediatamente fiquei encantada e decidi pegar as agulhas para tentar fazer o modelinho. Nos comentários, a Miriam escreveu que a peça tinha carinha de Aviatrix, daí no nome escolhido para o post... um Aviatrix sanfoninha.



O post foi colocado primeiramente primeiramente na comunidade do Facebook "Crochet Patterns To Try", com essas fotos e a imagem da revista.


A Paschoa e a Ana Alice relembraram um outro modelinho maravilhoso e a Mariza trouxe a receita em inglês do gorrinho, denominado Poppy, desenhado pela Justine Turner e cuja receita está lá no Ravelry. Mais tarde, a querida Vera enviou a receita traduzida pela Miriam Fabiano, do blog Penélope Charmosa.

Aliás, penso que vale a pena dar uma passadinha nesse artigo da Miriam para ver a dica que ela dá para evitar furinhos na elaboração das carreiras encurtadas, cujo procedimento ela denominou de "envolver o ponto".

Este gorrinho Poppy também é muito fofo, está na minha lista de desejos, rs. A maneira de como confeccionar os dois é bem similar.

Voltemos ao nosso Aviatrix sanfonado. Dependendo do calibre do fio, das cores selecionadas e do tamanho das agulhas, este gorrinho pode ser tecido para bebês, crianças ou para adultos.

Como podem ver nas duas imagens imediatamente acima, aquela touquinha foi tricotada com três cores. A base era a cor branca para formar as listras que ficavam com aspecto de gominhos e, em contraste, utilizaram as cores rosa e cinza (“cores de fundo”). No meu modelinho, usei somente a cor azul no lugar do rosa e do cinza e mantive o branco como cor-base.

Nada impede que se faça um arco-íris, variando até mesmo a “cor-base”, fica a critério de cada um.

Estou fazendo o gorrinho no "olhômetro", então, as medidas, os números de pontos e carreiras serviram para mim. Também é possível seguir a receita traduzida da Miriam, adaptando somente os gominhos da cor branca, que não têm carreiras encurtadas no modelo postado no  "Crochet Patterns To Try".

Medida sugerida para a largura (de uma orelha a outra, passando sobre o topo da cabeça): um pouco menor que o tamanho de uma tiara.

Número de pontos = múltiplo de 6 (por exemplo, para a minha peça, tricotei 60 pontos). É imprescindível que tenhamos um número de pontos a serem tricotados que seja múltiplo de 6 para que haja simetria na largura das carreiras encurtadas.
Ao final da receitinha, deixarei a proporção do número de pontos para que seja possível fazer a adequação dos múltiplos de seis e os links de artigos anteriores do blog com mais detalhes sobre troca de cores no tricô, carreiras encurtadas etc.

Utilizei agulhas 4.5mm e fio do calibre para usar com agulhas 4mm.

Fiz montagem provisória e inseri 60 pontos na agulha. Dica: use um fio bem diferente daqueles que farão parte da sua peça.

Observação: utilizei montagem provisória porque posteriormente unirei o início e o fim da peça, juntando todos os pontos a fim de trabalhar a peça com agulhas circulares, fazendo a barra sem costuras. Se preferir, você pode começar e finalizar a sua peça tricotando os pontos em barra 1x1 para depois fazer a junção dessas partes por meio de uma costurinha simples; só não se esqueça de anotar o número de carreiras em ponto barra do início do projeto para fazer o mesmo número de carreiras ao final da peça. Para ter uma idéia, veja o passo a passo sem a utilização da montagem provisória/acabamento em barra com agulha circular aqui.

Na utilização das “cores de fundo”, faremos carreiras encurtadas. Na “cor-base”, tricotaremos as carreiras normalmente.

Importante salientar que nosso “lado direito” será desenhado com as carreiras ímpares e as carreiras pares farão o lado avesso.

Assim, olhando a peça pelo lado direito, observamos que as carreiras das “cores de fundo” são todas tricotadas em ponto meia. Já as carreiras da “cor base” serão todas em ponto tricô, com a ressalva para, eventualmente, tricotarmos as primeiras carreiras dos gominhos em ponto meia do lado direito ou em ponto tricô do lado avesso. Isso será necessário para que a troca de cores fique aparente somente no lado avesso da peça.

Vamos trabalhar? Bom divertimento! rsrsrs
Iniciaremos a execução da peça com a “cor de fundo”:

Car. 1: tricotar os 40 primeiros pontos em meia, vire a peça (carreira encurtada);

Car. 2: tricotar os 20 primeiros pontos em tricô, vire a peça (carreira encurtada);

Car. 3: tricotar os 30 primeiros pontos em meia, vire a peça (carreira encurtada);

Car. 4: tricotar os 40 primeiros pontos em tricô, vire a peça (carreira encurtada);

Car. 5: tricotar os 50 primeiros pontos em meia, vire a peça (carreira encurtada);

Observação: aqui mudaremos a cor... deixei a parte dos gominhos (“cor base”) um pouco mais larga do que a parte das “cores de fundo”. Assim, enquanto a parte mais larga da “cor de fundo” ficou com cinco carreiras, decidi tricotar sete carreiras com a cor branca. Se você quiser que a parte dos gominhos fique igual ou mais estreita do que a parte das “cores de fundo”, é só tricotar menos carreiras.

Utilizando a cor-base:

Car. 6: tricotar todos os pontos em tricô (faremos essa carreira em ponto tricô para que a troca de cores fique aparente somente no avesso da peça);

Car. 7: tricotar todos os pontos em tricô;

Car. 8:tricotar todos os pontos em meia;

Car. 9: tricotar todos os pontos em tricô;

Car. 10: tricotar todos os pontos em meia;

Car. 11: tricotar todos os pontos em tricô.

Utilizando uma "cor de fundo":

Car. 12: tricotar os 40 primeiros pontos em tricô, vire a peça (carreira encurtada);

Car. 132: tricotar os 20 primeiros pontos em meia, vire a peça (carreira encurtada);

Car. 14: tricotar os 30 primeiros pontos em tricô, vire a peça (carreira encurtada);

Car. 15: tricotar os 40 primeiros pontos em meia, vire a peça (carreira encurtada);

Car. 16: tricotar os 50 primeiros pontos em tricô, vire a peça (carreira encurtada);

Utilizando a cor-base:

Car. 17: tricotar todos os pontos em meia (faremos essa carreira em ponto meia para que a troca de cores fique aparente somente no avesso da peça);

Car. 18: tricotar todos os pontos em meia;

Car. 19:tricotar todos os pontos em tricô;

Car. 20: tricotar todos os pontos em meia;

Car. 21: tricotar todos os pontos em tricô;

Car. 22: tricotar todos os pontos em meia;


Repetir a sequência das carreiras 1 a 22 até atingir o cumprimento desejado (no fim da testa/início do couro cabeludo até a nuca).
No próximo post do blog, avançarei na sequência das carreiras acima detalhadas e faremos a base da touquinha em ponto barra.
Abaixo, o detalhamento de como fazer a proporção de pontos nas carreiras encurtadas.
Após decidir pelo número de pontos a serem tricotados, imagine que eles devem ser divididos em seis partes iguais (bloquinhos). Divida o número total de pontos por seis para saber quantos pontos ficarão em cada bloquinho. Por exemplo, minha peça tem 60 pontos que divididos por seis = 10 pontos. Então, cada bloquinho = 1/6 do número total de pontos.
Aí é só fazer a tabuada do 6...
O número de bloquinhos a serem tricotados obedecerá a seguinte ordem (o que está em amarelinho):

1/6
2/6
3/6
4/6
5/6
6/6
Primeira car.
Segunda car.
Terceira car.
Quarta car.
Quinta car.
Assim, suas carreiras encurtadas serão tricotadas com as seguintes proporções:
Primeira carreira: os 4 primeiros bloquinhos; vire o tricô (carreira encurtada);
Segunda carreira: os 2 primeiros bloquinhos; vire o tricô (carreira encurtada);
Terceira carreira: os 3 primeiros bloquinhos; vire o tricô (carreira encurtada);
Quarta carreira: os 4 primeiros bloquinhos; vire o tricô (carreira encurtada);
Quinta carreira: ir até o fim da carreira (os 5 bloquinhos).
Veja mais sobre:
- carreiras encurtadas neste link aqui;
- troca de cores neste link aqui.

- continuação desse post: parte 2 e parte 3

Um comentário:

Anônimo disse...

Adorei, muito obrigada!!!! beijos Miriam Geres