.

.

.

Se você quiser compartilhar o que encontrar aqui, fique à vontade. A ideia é exatamente esta: divulgar o tricô, disseminar essa linda arte
manual. Honestamente, eu me sentirei lisonjeada.


Apenas peço que mencione a fonte e coloque o link do post ou do blog. Obrigada!


13 de setembro de 2017

O "n" do ponto tijolo simétrico





O que é ponto fantasia no tricô?

É denominado "ponto fantasia" qualquer desenho, imagem ou textura que é formado por uma sequência de pontos e carreiras. Esta sequência é tricotada repetidamente para tecer uma peça.

O primeiro ponto fantasia que aprendi quando criança foi o ponto tijolo.

Como é um ponto que trabalha a simetria entre as imagens formadas pelo ponto tricô e pelo meia, então é possível brincar com vários tamanhos do ponto tijolinho, porque, na verdade, ele é um padrão de pontos.

Na minha amostra (foto acima), fiz o ponto tijolinho 3x3.



Para a configuração da amostra do ponto tijolinho 3x3, tricotei com a seguinte receita:

Número de pontos múltiplos de 6. 
Será necessário tricotar 6 carreiras para formar o ponto fantasia:
Carreiras 1 a 3: *3M, 3T*
Carreiras 4 a 6: *3T, 3M* 



Para fazer o ponto tijolo com qualquer quantidade de pontos:

Se N = número de pontos, então a receita do padrão ficará assim:


Na primeira carreira: *nM,nT*
A receita requer número de pontos múltiplos de 2n.
Número de carreiras para formar o ponto fantasia = 2n.
As primeiras N carreiras : *nM, nT*
Depois de tricotadas as primeiras n carreiras, as próximas n carreiras ficarão com: *nT, nM*

Difícil? Nem um pouquinho. Super fácil.

Agora é só substituir o N pelo número de pontos que determinará o tamanho do seu ponto tijolinho.

Se o seu N for um número grande, sugiro utilizar marcadores entre as sequências estabelecidas nos *asteriscos*.



Um exemplo da aplicação da receita:

Além dos tijolinhos pequenininhos da minha amostra, vamos pegar como exemplo um número sequencial de seis pontos, então N = 6, ou seja, vamos ver como ficará a receita do ponto tijolinho 6x6 bastando substituir o N pelo número 6.

Assim, na primeira carreira: *6M, 6T*
A receita requer número de pontos múltiplos de 2N, então 2xN = 12.
O número de carreiras para formar o ponto fantasia = 2N, então 2xN = 12.
As primeiras 6 carreiras : *6M, 6T*
Depois de tricotadas as primeiras 6 carreiras, as próximas 6 carreiras ficarão com: *6T, 6M*


Resumindo, nossa receitinha do exemplo ficará assim:

Número de pontos múltiplos de 12. 
Será necessário tricotar 12 carreiras para formar o ponto fantasia:
Carreiras 1 a 6: *6M, 6T*
Carreiras 7 a 12: *6T, 6M*

No próximo post um colete com ponto fantasia que lembra o nosso tijolinho simétrico.

Veja aqui a receita do Colete Básico.

O colete com ponto parecido com o tijolo

Nenhum comentário: