.

.

.

Se você quiser compartilhar o que encontrar aqui, fique à vontade. A ideia é exatamente esta: divulgar o tricô, disseminar essa linda arte
manual. Honestamente, eu me sentirei lisonjeada.


Apenas peço que mencione a fonte e coloque o link do post ou do blog. Obrigada!


31 de outubro de 2011

BOINA EM TRICÔ DA ELIETE

Essa  boina foi ensinada pela professora Eliete Massi.

Foi a peça que causou maior frisson na Tricoterapia!

Usei fio Cisne Elegance e agulhas 7mm.



Receita original:

Usar agulhas 5,5mm. e fio correspondente.

Inserir 11 pontos na agulha.
1a. car. - *T, L*, termina com 1T
2a. car. - T
3a. car. - *2T, L*, T
4a. car. - T

5a. car. - *3T, L*, T
6a. car. - T
7a. car. - *4T, L*, T
8a. car. - T
9a. car. - *5T, L*, T
10a. car. - T
Siga nessa sequência até chegar a:

19a. car. - *10T, L*, T


Faça mais 8 carreiras sem aumentos: T

A partir daí, faça a seguinte sequência:
28a. car. - *9T, 2PJT*

29a. car. - T
30a. car. - *8T, 2PJT*

31a. car. - T
32a. car. - *7T, 2PJT*

33a. car. - T
34a. car. - *6T, 2PJT*

35a. car. - T


T = ponto tricô
L = laçada
2PJT = dois pontos juntos em tricô
O que significa asterisco: veja aqui.

Por fim, faça mais oito carreiras em ponto barra 1x1, arremate e costure a parte central/lateral.



Sequência de aumentos

Prosseguindo com as oito carreiras em ponto tricô

Sequência de diminuições







28 de outubro de 2011

Lace Ribbon Scarf - - by Veronik Avery



Esse cachecol é resultado de um TJ (Tricotando Juntas) proposto pela Raquel Macario.

Uma delícia encontrada nos blogs Marinoie e Super Zíper, das jovens e super mestras Marico e Andrea.





Esta receita pede um número de pontos múltiplo de 9 + 8.

Para o meu cachecol, utilizei fio Cisne Merino e agulhas 4mm. Optei por fazer um cachecol com 35 pontos (3x9 +8 = 35)

Fiz 16 sequências do motivo completo, ou seja, tricotei dezesseis vezes as 24 carreiras.


Carreiras ímpares 1-9: 2M, *SSK, 2L, 2J, 2J, 3M,L*, SSK, 2L, 2J, 2M

Carreira 11: 2M, *SSK, 2L, 2J, 5M*, SSK, 2L, 2J, 2M

Todas as carreiras pares 2-24: 2M, 2T, M, T, *7T, M, T*, 2M

Carreiras ímpares 13-21:2M, *SSK, 2L, 2J, L, 3M, SSK*,SSK, 2L, 2J, 2M

Carreira 23: 2M, *SSK, 2L, 2J, 5M*, SSK, 2L, 2J, 2M
Legenda:
M - ponto meia

SSK - deslize dois pontos como se fossem pontos meia (sem tricotar), retorne os dois pontos para a agulha esquerda e tricote dois pontos juntos em meia (torcido)
2L - duas laçadas consecutivas, também denominadas de laçadas duplas
2J - dois pontos juntos em meia
T - ponto tricô


Artigos com maiores detalhes, clique no link:
O que significa asterisco
SSK
Leitura de carreiras
Insira um marcador de pontos para separar os 6 últimos pontos.


Se preferir seguir o gráfico:


Dica importante: quando estiver em uma carreira  par, muito cuidado ao tricotar as laçadas duplas. Tricote com cuidado, pois eu as denominei de 'laçadas voadoras'. Se fizer um ponto tricô com muita pressa, perderá o ponto formado pela segunda laçada. Em outras palavras, as laçadas duplas serão tricotadas em ponto tricô seguido de ponto meia nas carreiras pares; faça isso cuidadosamente, sem pressa.

Após finalizar a sua peça, faça blocagem para deixar os pontos rendados mais destacados.

Para a  blocagem, umedeci a peça e a estendi com alfinetes sobre um edredom até secar.


A receita original está aqui.
Original pattern - Veronik Avery:
SIZE
One

FINISHED MEASUREMENTS
Width: 10 inches
Length: 80 inches

MATERIALS
Classic Elite Yarns Alpaca Sox [60% alpaca / 20% merino wool / 20% nylon; 450 yd/412 m per 100 g skein]; color: Sky; 2 skeins
Note: 1 skein will produce a scarf approx. 60 inches long.

Recommended needle size:
1 set US #3/3.25mm straight needles
[always use a needle size that gives you the gauge listed below -- every knitter's gauge is unique]

GAUGE
21 sts/34 rows = 4 inches in stockinette stitch, unblocked

PATTERN NOTES
[Knitty's list of standard abbreviations and techniques can be found here]

2yo (Double yarn over): Wrap yarn twice around right needle, bringing yarn between needles to front of work, then over right needle to back of work, each time. On the following (WS) row, work [p1, k1] into each 2yo.
Lace Ribbon Pattern (Worked over a multiple of 9 sts + 8):

Odd-Numbered Rows 1-9
[RS]: K2, [ssk, 2yo, k2tog, k2tog, k3, yo] to last 6 sts, ssk, 2yo, k2tog, k2.

Even-Numbered Rows 2-24
[WS]: K2, p2, k1, [p8, k1] to last 3 sts, p1, k2.

Row 11
[RS]: K2, [ssk, 2yo, k2tog, k5] to last 6 sts, ssk, 2yo, k2tog, k2.

Odd-Numbered Rows 13-21
[RS]: K2, [ssk, 2yo, k2tog, yo, k3, ssk] to last 6 sts, ssk, 2yo, k2tog, k2.

Row 23
[RS]: Work as for Row 11.

Repeat
Rows 1-24 for Lace Ribbon Pattern


26 de outubro de 2011

Sapatinho envelope (quase) sem costuras



 A partir de uma ideia divulgada pela Marlene, no post dos Chaussons Mignons, pensei em reduzir as costuras na receita dos Sapatinhos Envelopes.

Inseri 31 pontos na agulha 6 mm com o fio Mollet vermelho, da Círculo e fiz os dois quadradinhos perfeitos do par.Sugiro que utilize mais pontos e agulha mais fina, este foi apenas um modelinho de amostra.




A partir daí, fiz o levantamento de 27 pontos como mostra a imagem.:
Neste sapatinho, são 13 pontos levantados em cada lateral do quadrado. Observe que o ponto ímpar é levantado exatamente no vértice do quadradinho.

Após o levantamento (4 pontos a menos dos quadradinhos vermelhos), inicie um novo quadradinho perfeito:
Utilizei fio Club branco, da Pingouin


Execução do segundo quadrado perfeito do sapatinho.

Arremate ao final.

Una e costure os 3 vértices livres do quadrado vermelho. É daí que vem o nome do sapatinho, pois há o formato de um envelope.

Um sapatinho está pronto. Faça a mesma sequência com o outro sapato do par.

Observe que o quadrado branco será dobrado para enfeitar as laterais dos tornozelos.

25 de outubro de 2011

WINDING VINE HEADBAND - by Sonia Curry



 

A primeira peça de tricô trançada a gente nunca esquece!

A pessoa que mais me incentivou a encarar as tranças foi a Marta Loureiro, minha querida mestra do blog Abelhinha Criativa.

Marta publicou diversos links ao longo de todos esses meses com lições para fazer tranças, sempre falando que eram fáceis. Comecei a procurar uma trança mais simples, que dispensasse agulhas auxiliares.

Aí eu encontrei uma deliciosa receita. Além de deliciosa, é linda! Gostei tanto que fiz duas, uma infantil e outra para adultas.

Para treinar a trança, peguei uma receita em que a trança é feita com apenas dois pontos, rs, para aprender direitinho.

Agradecimento muito especial e carinhoso à designer Sonia Curry, que autorizou a tradução e incentivou a divulgação da receita em português para que mais pessoas tenham acesso à sua criação. 

As faixas de cabelo ficaram lindas e são peças rápidas de serem feitas.


Como fazer a faixa de cabelo:

Insira 3 pontos na agulha. Usei o fio Mollet, da Círculo (rosa) e o fio Club, da Pingouin (marinho).
Tricote um I-Cord por aproximadamente 12cm.
Faça uma sequência com as carreiras 1-10.
A partir daí, repita as carreiras 7-10 até a sua peça medir 47 cm (a partir do início, ou seja, faça 35 cm. de peça trançada).  

Para o tamanho infantil (7-8 anos), faça 24 cm de peça trançada.

Após atingir os tamanhos indicados, faça uma sequência com as carreiras 7-10.

Carreira 17: SSK, SSK, 2PJ

Com os 3 pontos, volte a tricotar novamente o I-Cord por 12cm e arremate.

Tradução do gráfico:
Carreira 1: fazer KFB nos 3 pontos
Carreira 2: T6
Carreira 3: KFB, T1, C2B, T1, KFB (ao final da carreira = 8 pontos)
Carreira 4: M1, T1, M1, T2, M1, T1, M1
Carreira 5: KFB, T2, M2, T2, KFB (ao final da carreira = 10 pontos)
Carreira 6: T1, M1, T1, M1, T2, M1, T1, M1, T1
Carreira 7: T1, M1, T2, C2B, T2, M1, T1,
Carreira 8: T1, M1, T1, M1, T2, M1, T1, M1, T1
Carreira 9: T1, M1, T2, M2, T2, M1, T1
Carreira 10: T1, M1, T1, M1, T2, M1, T1, M1, T1
Carreira 11: T1, M1, T2, C2B, T2, M1, T1,
Carreira 12: T1, M1, T1, M1, T2, M1, T1, M1, T1
Carreira 13: SSK, T2, M2, T2, 2PJ
Carreira 14: M1, T1, M1, T2, M1, T1, M1
Carreira 15: SSK, T1, C2B, T1, 2PJ
Carreira 16: T1, M1, T2, M1, T1


M – ponto meia
T – ponto tricô
SSK – deslize, deslize e tricote
C2B – tricote primeiramente o segundo ponto (faça um ponto meia com o segundo ponto da agulha esquerda); a seguir, tricote o primeiro ponto (faça outro ponto meia, agora com o primeiro ponto da agulha esquerda); tire os dois pontos tricotados da agulha esquerda.
2PJ – 2 pontos juntos em meia
Maiores detalhes, veja artigos detalhados clicando nos links abaixo:



Receita original: aqui
Instructions
Charted
CO 3 sts
Knit i-cord for approx 12cm
Row 1: kfb x 3 (6 sts)
Row 2: P6
Knit rows 1-8 of chart, then repeat rows 5-8 until work measures 35cm from end of i-cord. Knit rows 9-14.
Next row: ssk x 2, k2tog
Knit i-cord for approx 12cm then BO. Finish ends inside the i-cord using a yarn needle.

24 de outubro de 2011

Ponto de tricô "Sonia Curry"


Essa sequência de p. arroz, trança e jersey é maravilhosa e fica como sugestão de um maravilhoso ponto de tricô que poderá ser utilizado para outras peças.

Acredito que fica lindo em peças para bebês ou infantis, bem como um detalhe em peças para adultos.

Vou denominá-lo de "Ponto Sonia Curry", pois este o nome de sua autora. 

Carreira 1: T1, M1, T2, C2B, T2, M1, T1,
Carreira 2: T1, M1, T1, M1, T2, M1, T1, M1, T1
Carreira 3: T1, M1, T2, M2, T2, M1, T1
Carreira 4: T1, M1, T1, M1, T2, M1, T1, M1, T1 

T = ponto tricô
M = ponto meia
C2B – tricote primeiramente o segundo ponto (faça um ponto meia com o segundo ponto da agulha esquerda); a seguir, tricote o primeiro ponto (faça outro ponto meia, agora com o primeiro ponto da agulha esquerda); tire os dois pontos tricotados da agulha esquerda. Veja aqui.

22 de outubro de 2011

PONTOS CRUZADOS NO TRICÔ - C2B, C2F


"C2B" e "C2F" nada mais é do que tricotar primeiramente o segundo ponto que está na agulha esquerda antes do primeiro ponto.

O número que está entre as letras 'c' e 'b' ou entre as letras 'c' e 'f' representa o número que pontos que serão invertidos, portanto, utilize o mesmo raciocínio quando se deparar com uma receita que indique C4B, C6F e assim por diante.

A seguir, veja como fazer o C2B e o C2F com e sem agulhas auxiliares nos vídeos e PAP. Obviamente, é possível fazer esses pontos sem agulhas auxiliares porque são somente dois pontos, o que fica mais complicado quando a trança for de 4, 6 ou mais pontos... no nosso vocabulário, estamos falando de tricotar os pontos C4B e o C4F, C6B e o C6F...

Fiz duas faixas de cabelo com esta linda trança de dois pontos, veja neste post.

C2B = CROSS TO BACK OU PONTO CRUZADO À DIREITA


Clique nesta legenda para assistir ao vídeo: um ponto cruzado à direita, com agulha auxiliar

Fotos de cruzamento simplificado, sem agulha auxiliar:
Fio para trás

Pegue o segundo ponto da agulha esquerda



Puxe o ponto cuidasosamente com a agulha direita e faça um ponto meia

Retorne ao primeiro ponto da agulha esquerda e insira a agulha direita. Faça outro ponto meia

Após tricotar esses dois pontos meia, tire os dois pontos da agulha esquerda

Com os pontos tricotados de forma atravessada repetidamente está formada uma trança, que geralmente é o motivo de pontos cruzados



Vídeo ensinando a técnica do C2B - após os dois pontos de  borda, a autora do vídeo ensina a tricotar primeiramente o quarto ponto em meia e depois tricotar o terceiro ponto, para depois, tirar os dois pontos da agulha esquerda. Está pronto o C2B:

 




C2F OU PONTO CRUZADO À ESQUERDA


Clique nesta legenda para assistir ao vídeo: um ponto cruzado à esquerda com agulha auxiliar







Fotos de cruzamento simplificado, sem agulha auxiliar:  

 
Lembra do ponto torcido nos artigos anteriores? Tricote o segundo ponto em meia torcido.
Veja o ponto meia torcido aqui.

Volte para o primeiro ponto

Tricote o primeiro ponto em meia, tire esses pontos da agulha esquerda. Prontinho! Está feito o C2F

Vídeo explicativo do C2F e, na sequência, o C2B:







O QUE SIGNIFICA KFB



Aumento ou ponto com indicação da sigla 'KFB' nada mais é do que fazer um ponto meia e um ponto meia torcido em um mesmo ponto, ou seja, tricotando o mesmo ponto duas vezes.

Simples assim!

O ponto meia torcido está explicadinho em um dos artigos mais visitados do blog: aqui.


Regina Rogers ensina a fazer o aumento tricotando duas vezes o mesmo ponto: ponto meia e ponto meia torcido:


Este vídeo, apesar de estar em inglês, auxilia por estar bem destacado:


21 de outubro de 2011

PONTO JERSEY

Ponto jersey nada mais do que fazer o lado direito da peça em ponto meia e o lado avesso em ponto tricô.

É uma das tramas mais fechadas do tricô, indicada para peças confeccionadas para proteção contra o frio.

Ponto muito utilizado para amostras prévias para determinar média de carreiras e pontos para fazer quadradinhos de 10cm x 10cm ou quantidade de fio a ser utilizado.

20 de outubro de 2011

CACHECOL FOLHEADO



Escolhi o fio Filato, da Pingouin. Por ser um fio mais grosso, é uma peça para os dias mais frios. Com o fio Camila Fashion, no artigo anterior, ficará perfeito para primavera/verão.

Fiz uma sequência única do ponto de folhas ajuradas, ou seja, terminei a quinta carreira com 4T e a décima terceira com 11T.



RECEITA DO CACHECOL FOLHEADO

Inseri 19 pontos na ag. 6mm.

1a. car -T

2a. car - 2M, L, 2J, L, 2J, 2J, 2J, 2M L, 3M, L, MATE, L, 2M

3a. car -T

4a. car - 2M, L, 2J, , 3J, 3J, L, M, L, 2M, MATE, L, MATE, L, 2M

5a. car -11T, 2J em tricô, 4T

6a. car - 2M, L, 3J, L, 3M, L, 2M, MATE, L, MATE, L, 2M

7a. car -T

8a. car - 2M, L, 2J,  L, M, L, 2M, MATE, L, 2M, MATE, L, MATE, L, 2M

9a. car -T

10a. car - 2M, L, 2J, L, 3M, L, 2M, MATE, MATE, MATE, L, MATE, L, 2M

11a. car -T

12a. car - 2M, L, 2J, L, 2J, 2M, L, M, L, MD, MD, MATE, L, 2M

13a. car -4T, 2J em tricô, 11T

14a. car - 2M, L, 2J, L, 2J, 2M, L, 3M, L, MD, L, 2M

15a. car -T

16a. car - 2M, L, 2J, L, 2J, 2M, L, 2J, 2M, L, M, L, MATE, L, 2M
T = ponto tricô
M = ponto meia
L =  laçada
2J = dois pontos juntos (em meia nas carreiras paers e em tricô nas carreiras ímpares)
MATE = mate simples em meia
MD =  mate duplo em meia

Fiz uma sequência única do ponto 'folhas ajuradas'. Se preferir um cachecol mais largo ou uma pashmina, poderá fazer mais sequências, com as devidas alterações conforme a receita original.

Receita do ponto de folhas ajuradas com mais detalhes aqui.

Dica da Lilika: fiz uma peça contínua de 160 cm - para poder enrolar no pescoço - e o cachecol ficará com desenhos diferentes em uso (foto abaixo). Se preferir, faça duas peças de 80 cm. e costure; assim, as folhas ficarão sempre na mesma posição.

19 de outubro de 2011

FOLHAS AJURADAS




Entrei em uma fase deliciosa, em que tricoteiras muito experientes tomam a iniciativa de passar receitas legais de um tricô clássico muitas vezes despercebido.

D. Graça é uma encantadora senhora que faz tricô há 50 anos e me falou das folhas ajuradas. Ela é como a Dague, anda sempre com um caderninho recheado de receitinhas legais, cujo conteúdo terei a grande oportunidade de obter devagar e sempre. Alguns blogs tem o ponto das folhas ajuradas, mas são todos diferentes desta receita.

'Folhas ajuradas' é um ponto interessante para ser trabalhado com fios grossos para peças para o inverno e com linhas para primavera/verão.

Imagino que fica bem para saídas de praia, regatas ou saias.

Esta amostra foi feita com agulhas 3mm. e fio Camila Fashion. Está sem blocagem, por isso a lateral esquerda aparece mais fechadinha nas fotos.

No próximo artigo, postarei o cachecol com este ponto delicioso.





FOLHAS AJURADAS -

Número de pontos múltiplo de 17 + 2 para iniciar o projeto, pois as carreiras ficam com número distinto de pontos.

1a. car -T

2a. car - 2M - * L, 2J, L, 2J, 2J, 2J, 2M L, 3M, L, MATE, L, 2M*

3a. car -T

4a. car - 2M, *L, 2J, , 3J, 3J, L, M, L, 2M, MATE, L, MATE, L, 2M*

5a. car -*11T, 2J em tricô, 2T*, -  terminar a última (ou única) sequência com 4T

6a. car - 2M, *L, 3J, L, 3M, L, 2M, MATE, L, MATE, L, 2M*

7a. car -T

8a. car - 2M, *L, 2J,  L, M, L, 2M, MATE, L, 2M, MATE, L, MATE, L, 2M*

9a. car -T

10a. car - 2M, *L, 2J, L, 3M, L, 2M, MATE, MATE, MATE, L, MATE, L, 2M

11a. car -T

12a. car - 2M,* L, 2J, L, 2J, 2M, L, M, L, MD, MD, MATE, L, 2M*

13a. car -*4T, 2J em tricô, 9T,* - terminar a última (ou única) sequência com 11T

14a. car - 2M, *L, 2J, L, 2J, 2M, L, 3M, L, MD, L, 2M

15a. car -T

16a. car - 2M, *L, 2J, L, 2J, 2M, L, 2J, 2M, L, M, L, MATE, L, 2M*

T = ponto tricô
M = ponto meia
L =  laçada
2J = dois pontos juntos (em meia nas carreiras paers e em tricô nas carreiras ímpares)
MATE = mate simples em meia
MD =  mate duplo em meia

Mate simples e mate duplo - veja aqui.









18 de outubro de 2011

MATE SIMPLES E MATE DUPLO





Já havia postado anteriormente o artigo com vídeo da Regina Rogers aqui.

Percebo que há uma pequena variação sobre mate simples e mate duplo.

O primeiro ponto do mate (simples ou duplo) é tricotado geralmente quando o intuito é arrematar a peça.

No entanto, também é possível encontrar receitas destacando que o primeiro ponto do mate (simples ou duplo) não será tricotado. Aliás, este é o padrão do ponto, não tricotar o primeiro ponto.

Em receitas de gráficos, este são os símbolos utilizados. Clique na legenda para assistir aos vídeos.


 
Mate simples

Mate duplo

MATE = PASSE UM PONTO SEM FAZER PARA A AGULHA DIREITA (como se fosse meia ou como se fosse tricô, dependendo da receita), TRICOTE O PONTO SEGUINTE, PASSE O PONTO SEM FAZER SOBRE O TRICOTADO (REMATE)
MD = MATE DUPLO --> PASSE UM PONTO SEM FAZER PARA A AGULHA DIREITA (como se fosse meia ou como se fosse tricô, dependendo da receita), 2J, PASSE O PONTO SEM FAZER SOBRE O 2J TRICOTADO (REMATE)


 Sequência do mate simples em ponto tricô:

Passe um ponto sem fazer para a agulha direita como se fosse tricô (não tricote o primeiro ponto)

Segundo ponto: ponto tricô

Pegue o primeiro ponto com a agulha esquerda e passe por cima do segundo ponto

Está feito o mate simples em ponto tricô

Sequência do mate duplo em ponto tricô:

Passe um ponto sem fazer para a agulha direita como se fosse tricô (não tricote o primeiro ponto)

Dois pontos juntos em tricô = segundo ponto

Pegue o primeiro ponto com a agulha esquerda e passe por cima do segundo ponto

Está feito o mate duplo em ponto tricô
Sequência do mate simples em ponto meia:
Passe um ponto sem fazer para a agulha direita como se fosse meia (não tricote o primeiro ponto)

Segundo ponto: ponto meia

Pegue o primeiro ponto com a agulha esquerda e passe por cima do segundo ponto

Está feito o mate simples em ponto meia

Sequência do mate duplo em ponto meia:
Passe um ponto sem fazer para a agulha direita como se fosse meia (não tricote o primeiro ponto)

Segundo ponto: dois pontos juntos em meia

Pegue o primeiro ponto com a agulha esquerda e passe por cima do segundo ponto

Está feito o mate duplo em ponto meia

Vídeo da Regina Rogers com o primeiro ponto do mate tricotado: